COMO SE TORNAR UM ATLETA PROFISSIONAL DO CICLISMO?

COMO SE TORNAR UM ATLETA PROFISSIONAL DO CICLISMO?

  • 13 maio, 2019

Pra você que é iniciante e quer ingressar no mundo das competições, a bicicleta não é o principal item!

Eu sou Edu Capivara, penta-campeão paulista e brasileiro de Biketrial, esporte que introduzi no Brasil em 1987. Passei metade da minha vida competindo ou me apresentando em vários países, e tive a honra de participar do primeiro campeonato mundial desta modalidade em 1986, em uma turnê por 4 países europeus.

Fui atleta, lojista, organizador de eventos, competições e Delegado Internacional do Biketrial, agora sou o responsável pelo conteúdo da Pedaleria.
Tive e ainda tenho aventuras incríveis encima da bike, e quero te ajudar a entrar nesse mundo, baseado nas experiências que eu vivi.

Modalidades
São várias, todas muito legais, você pode escolher uma ou duas pra se dedicar:

Road Bike: também conhecida com bicicleta de estrada ou speed e tem também a bike de pista para velódromo;
MTB: Cross Country, Free Ride, All-Mountain, Enduro, Dirt Jump e Down Hill;
BMX: Race, Vertical, Flatland, Dirt Jump, tudo na aro 20”;
Biketrial: Natural, artificial e Street Trials.

Se você ainda não tem uma bike TOP, cuide bem e melhore a sua sempre, mas não adianta pegar uma bike muito básica e gastar muito dinheiro nela pra melhora-la, sai mais barato comprar uma boa usada, que foi projetada pra durar mais tempo em uso profissional.

Preparação do ciclista
Para entrar nas competições não precisa muita coisa, uma bike, capacete e a grana da inscrição, mas para levar a sério e obter resultados é preciso preparação e dedicação com muita disciplina, a lista é grande:

Equipamentos – Bike, uniforme, equipamentos de segurança e proteção, e eventuais peças de reposição.
Condicionamento – Correr, malhar, pular corda, nadar, etc, não adianta apenas pedalar bem, tem que construir uma base sólida que vai ajudar muito somada a sua habilidade no pedal.
Alimentação: Regrada, carboidratos e proteínas + todos os tipos da alimentos saudáveis, Chocolates, frituras, bolachas, refrigerantes são ruins, corte ou diminua muito, e se possível, consulte um nutricionista ou procure artigos sobre isso, informe-se.
Comportamento: Observe seu comportamento. Atletas são formadores de opinião, ande dentro da lei, com a bike ou sem ela, você está sendo observado. Isso inclui o modo de falar e escrever, e claro, não dê maus exemplos e use equipamentos de proteção toda vez que sair com a bike, isso passa uma imagem mais profissional.
Atitudes: Atleta dorme e acorda cedo, se você está mesmo querendo abraçar essa causa, corte as baladas e noitadas, pelo menos nos períodos de treinos e competições. Fumar e beber nem pensar, drogas, não vou nem comentar os resultados, uma furada total, acaba com a saúde e sua imagem perante a sociedade, organizadores e patrocinadores fica destruída.

Preparação do equipamento
Bike sempre limpa, revisada e regulada – nada de pedalar bike desmontando, cheia de folgas, com cabo de freio quebrado, etc, é perigoso e passa uma péssima imagem. A mesma coisa com os equipamento, bem lavados e conservados, sem cheiro ruim, você tem que agradar as pessoas, não espantá-las, a gente nunca sabe quem está observando.
Conhecer o equipamento, as modalidades, peças e serviços, se esforce em aprender mais, leia, estude, se aprimore, cultura é muito importante em qualquer área, a Pedaleria pode te ajudar nisso, temos muitos vídeos e posts sobre diversos assuntos.

Treinos
Rotina: Crie uma rotina de treinos. Seja com a bike ou na preparação física, seu corpo tem que saber que naqueles dias e horas ele irá trabalhar mais, dê essa condição a ele.
Local: Seguro e variado, não arrisque sua vida e seus equipamentos treinando em locais desertos ou perigosos e evite treinar sozinho, se você tiver problemas ou se machucar, quem irá te ajudar?
Overtraining: Excesso de treino, você está empolgado e treina todos os dias sem parar. Isso esgota o atleta e pode causar lesões, alterne treinos e descanso, é necessário!

A primeira prova
Verifique qual é a sua categoria, nas provas, as categorias são separadas por idades, mas em algumas delas existe a categoria Iniciante, se possível, se inscreva nela.
Essa primeira prova é uma iniciação, pra você se divertir, nada de ficar encanado com um resultado ruim, terminar a prova já é uma vitória, e cada prova que você conclui é um enorme aprendizado, a soma delas se transforma no seu curriculum.
Não encare uma prova sem nunca ter feito algo parecido, no MTB por exemplo, ter feito trilhas, passeios ou percursos longos, pra avaliar quanto você aguenta pedalar.
Para ir bem em uma prova de 1 hora, você tem que aguentar um pedal de 5 horas, pois a adrenalina, a emoção, aquele medo do desconhecido potencializa a dificuldade te deixa muito ansioso e isso afeta o lado psicológico, que pode causar mais estrago que o lado físico.

Patrocínio
Qualquer atleta precisa ter patrocínio, as despesas são altas e qualquer coisa ajuda, parentes ricos, empresário muito amigo da família, herança de pais atletas, mas na verdade a grande maioria está mesmo por conta própria ou tem Paitrocínio.
Sendo assim, pra conseguir patrocínio você terá que fazer muitas e muitas provas, se destacar no meio da multidão e ter bons resultados.

Tudo que você leu até agora é preparação pra conseguir patrocínio, treinar sério, se comportar bem, entender dos produtos do “provável” patrocinador, saber explicar e manter uma conversa sem se atrapalhar. Em muitos casos, o patrocinador quer ser bem representado dentro e fora das pistas, e isso muitas vezes é mais importante que subir no pódio, você será uma ferramenta de marketing da empresa, simpático e disposto a conversar com quem quer que seja.

Ao colocar um logotipo no seu uniforme, na bike ou no carro, você é um representante daquela empresa, não pode pisar na bola, uma barbeiragem no trânsito, passar um farol fechado, pedalar em um local proibido já é o suficiente pra te marcar, “olha o cara da empresa “X” fazendo besteira! Pense nisso!

Espero que você consiga atingir seus objetivos em sua nova carreira de atleta profissional, mas saiba que você já é um campeão, pois escolheu o esporte movido a pedal!

Boa sorte!

Fonte: Pedaleria